Agrediu o colega a pauladas por causa do tamanho do seu pinto

Esses novos scanners corporais instalados em aeroportos nem bem começaram a funcionar direito e já estão causando rebuliço. Além da alegada e protestada invasão de privacidade das pessoas que tiverem que submeter (ui) ao scanner, a máquina já causou pelo menos uma agressão registrada.

Durante o treinamento de operação do scanner corporal no aeroporto de Miami, nos EUA, um dos funcionários virou motivo de chacota dos colegas por conta do tamanho do seu pênis. Por ser pequeno (e imagina ainda mais no frio e nervoso com o treinamento), um dos colegas começou a fazer piadinhas, constrangendo o maldotado companheiro (muuuy amigo).

Não suportando a pressão (uuui) exercida pelas constantes chacotas, o Peewee atacou o colega com um bastão (não, não aquele, um outro de madeira mesmo), dando umas boas porretadas das quais ele estava mesmo merecendo. Infelizmente, o coidado ainda foi tido como agressor e poderá ser processado por danos físicos.

O que será que virá por aí? Pessoas usando cuecas de chumbo? Ou quem sabe “capas penianas” para ficar bem na foto?

fonte