Homem sofre cirurgia pra usar iPhone. Estadão propaga a mentira?

Poucos dias após o lançamento do iphone da apple, surgiu um boato na Internet de um homem teria sofrido uma cirurgia para afinar seus dedos, que de tão grandes e grossos não era possível utilizar o aparelhinho hype da apple. O boato foi originado de uma matéria humorística e inverídica publicada em um jornal gringo. O Terra comeu essa pilha, e logo se retratou, desmentindo a besteira.

Acontece que o Estadão, aquele jornal que mês passado colocou no ar uma campanha que ridicularizava blogs comparando-os a macacos, que afirmava ter lisura, credibilidade e comprometimento com a verdade e as notícias publicadas, sim, aquele jornal também publicou a mentira. E o pior é que quase um mês depois, a mentira continua publicada sem qualquer pedido de desculpas ou atualização do conteúdo afirmando se tratar de uma pegadinha – e que eles caíram (Gotcha!).

Estadão publicando mentiras

Então, que comprometimento com a verdade é esse se a mentira continua sendo exposta? Que credibilidade pode-se esperar de um jornal que não atualiza seu conteúdo, não remove as inverdades, não pede desculpas e assume seus erros (errar é humano, afinal)?

Vamos ver até quando a besteira fica no ar: http://www.estadao.com.br/tecnologia/not_tec32611,0.htm

Os macacos continuam de olho …

[UPDATE] Sim! O portal removeu a informação do ar, caso vocês tenham tentado acessar o endereço acima citado. Publicaram uma pequena nota sobre a mentira, mas nenhuma referência na página original, que foi simplesmente removida. A nota: http://www.estadao.com.br/tecnologia/not_tec50784,0.htm

One thought on “Homem sofre cirurgia pra usar iPhone. Estadão propaga a mentira?

  1. Pingback: Estadão remove conteúdo falso e se justifica » Seriguela

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>